Importar da China Legalmente: Um Manual Completo

Conheça o completo manual sobre como importar da China legalmente e fique por dentro do que fazer para prosperar no setor.

importar-da-china-legalmente

Importar da China legalmente é sem sombra de dúvidas uma prática efetiva para conseguir ganhar dinheiro, de modo garantido e rapidamente.

Mas, é preciso fazer tudo de modo correto, do contrário o processo sai errado e prejudica todo o plano econômico traçado para o negócio.

Antes de importar da China legalmente você precisa conhecer a fundo os principais objetivos da importação: consumo para revendas ou consumo próprio.

Consumo para revendas: consiste na compra com objetivo de ser revendida no mercado brasileiro.

Consumo próprio: consumir para uso pessoal, ou seja, sem nenhum objetivo de comerciar, seja no Brasil ou em outros países.

Atenção, não adianta comprar grandes lotes de produtos e indicar para a Receita Federal que se trata de uma compra relacionada ao modelo “consumo próprio”.

Os agentes públicos são peritos na arte de identificar este tipo de fraude, e, com certeza os bens ficam retidos.

Importar da China Legalmente: Ir às Compras

Depois de saber qual é o seu tipo de consumo chega o momento de fazer aquisições em sites como Alibaba.com e Dx.com.

Existem muitas páginas para realizar as compras, mas você deve sempre olhar à qualidade respeitando as seguintes regras:

  • Segurança;
  • Políticas de garantia;
  • Produtos em oferta;
  • Dados sobre status da compra;
  • Frete.

Experiência: De fato, é muito difícil você começar uma vida de importador de sucesso e já ir arrecadando milhares de reais em compras.

Apenas com a experiência você vai conhecer quais são os revendedores mais confiáveis, as melhores formas para diminuir os custos, entre outros aspectos.

Um exemplo que faz sucesso entre os vendedores de produtos importados é realizar a compra nas cidades brasileiras que fazem fronteira com o Paraguai e vendem produtos chineses.

Na prática são muitos os macetes para importar da China legalmente. A melhor forma de realizar este tipo de importação consiste em seguir as indicações deste artigo (clique aqui).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *